Nox

E quando eu publiquei no efeefe que ia agregar os posts do blog tecnomagia, “nox” mandou um comentário com esse link. É no domínio (por duas vezes escrevi e deletei “domónio”, um ato falho sugestivo…) do site do mojo, o que me deixa ainda mais interessado. Mas por algum motivo que ainda não entendi (uma das hipóteses é meu nível etílico uma dessas noites), o comentário sumiu do drupal véio. Sorte que guardei o linque aqui nos buquimarques do meu Opera véio, que aliás não se dá bem com esses editores wysiwyg de blogue.
Olhaí:

Profetas loucos mentirosos crédulos todos nenhum: esculpindo megálitos caóticos, dando forma ao incognoscível, utilizando crenças como cinzéis. Jeovás-Playmobil criando bezerros de ouro & anciões barbudos & homens-em-jalecos-brancos (apontando e gritando ‘ali está a verdade!’, ‘aqui está a mentira!’). Estamos aqui porque somos feios. Não admitimos controle. Danem-se os vizinhos, gostamos de escutar música bem alta, de madrugada, sapateando na janela. Dane-se Freud, queremos pilhas de amantes em camas forradas com linho, sangue e ferrugem. Dane-se Lombroso, não queremos ninguém analisando nossos crânios cheios de imperfeições. Danem-se Deus e o Diabo, queremos sodomizar anjos assexuados enquanto Dante nos mostra o terceiro círculo. Danem-se a tradição, a família e a propriedade: queremos a ruptura, a tribo e o comunal. Dane-se quem nos sorri, queremos fazer caretas. Danem-se os carros, estamos indo a pé.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: